domingo, novembro 26, 2006

Aventura a 26/11

Nada como um Domingo de manhã para apanhar ar fresco, queimar calorias, ter uma pequena aventura e apreciar a paisagem da zona da Arrábida e/ou "arredores".


Saindo de Setúbal e pela estrada nacional 10 (direito a Azeitão), após passar a Hospor há uma pequena estrada perpendicular á direita. Basta seguir a mesma até um pequeno cruzamento que tem acesso a várias quintas.

O automóvel ficou por aqui e seguimos a pé (eu e o meu amigo do blog Primavera Eterna - ver nos links ao lado) pelo caminho da esquerda e entrámos no campo, começando logo de inicio, por ver um pequeno regato.







Seguimos de perto este pequeno riacho, apahámos um pequeno caminho que sobe para os montes.

Continuando a subida com alguma dificuldade para encontrar o caminho correcto já que tentamos seguir bem de perto o regato (algumas descidas e subidas..ufa!), lá foi encontrado o caminho certo... o qual vai dar mesmo ao meio onde os 2 grandes montes se encontram num desfiladeiro.

Aí encontra-se uma pequena parede antiga com uma pequena entrada como que se levasse para um antigo reino perdido ou um mundo élfico....
























Entrando para esse mundo perdido no tempo encontrámos novamente o regato, um pouco mais revoltado, deslizando entre rochas idosas e gastas e abraçado por ramos vivos e obscuros das árvores.





















Deixando novamente este lugar entregue ás memórias. retomámos o caminho de subir o desfiladeiro. Na subida o tempo começa a fechar-se e apanhamos alguns chuviscos... por sorte duraram pouco já que não estavamos preparados para a chuva...

De qualquer forma fomos aproveitando a paisagem...






Na subida encontramos novamente o nosso amigo regato que serpenteia dos montes acima.


Realmente a chuva intensa dos ultimos tempos trouxe a beleza e o som reconfortante de pequenas quedas de água á região.

Chegando ao final do desfiladeiro encontramo-nos num pequeno planalto que traz novamente várias escolhas possíveis para a continuação da caminhada.








Escolhendo o caminho da esquerda, este segue a subida do monte e aproveitámos a paisagem mais uma vez das alturas para mais umas fotos.

Após a subida do monte e continuando pelo memo caminho, descemos aos poucos apenas com a companhia de tempos a tempos de cavaleiros modernos de cavalos de 2 rodas.










No final da decida, apanhámos um pequeno carreiro que nos levou de volta ao automóvel acabando esta pequena aventura... outras se seguirão num futuro próximo.







Resumo (tirando do google earth).

Caminho a azul - de automóvel (inicio no cruzamento da estrada nacional)


Caminho a vermelho - caminho feito a pé

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home