domingo, junho 24, 2007

Entret. e cultura a 24/06 - BD

A época de férias foi boa o suficiente para pôr algumas BD´s em dia e por falar de BD referencio aqui a existência de uma loja de BD em Setúbal, única do género na cidade. Para os amantes de BD (mais especializada em americana e japonesa) e não só, se mora dentro do distrito, já não tem de se deslocar a Lisboa - NONO IMPÉRIO, finalmente agora já com site. BD, jogos (exº Magic) e merchandising são temas que vão encontrar.

Passemos agora à BD lida nestes dias de férias:

Finalmente acabada a colecção iniciada à muitos anos mas nunca acabada, graças à feira do livro de Lisboa, li pela primeira vez um grande clássico da BD Franco-Belga do F. Gourgeon, Os passageiros do Vento (orig. - Les Passagers du Vent), constituido por 5 livros:

A rapariga do tombadilho













O pontão













A feitoria de Judá













A hora da serpente













Ébano













Este grande clássico dos anos 80 é uma das melhores sagas que já vi em papel (livro ou BD) e retrata a vida de uma bela jovem morena, Isabeau, que apesar da pouca idade, já é bastante calejada pelas agruras da vida. Passado por volta de 1780, esta saga retrata de forma muito adulta, complexa e detalhada (tanto em história como em desenho) a vida na época. Batalhas navais, romance, sexo, aventura, drama, racismo, injustiça e violência são temas focados - altamente recomendado.

Continuo a devorar os livros de Frank Miller da série Sin City, mais dois foram lidos. Já referenciei no último "post" que fiz acerca de BD, o estilo único de Frank Miller em expor em BD um expressionismo preto no branco em tom de "film noir".

Sin City - Aquele sacana amarelo (That yellow bastard)














John Harigan, o último polícia honesto de Sin City, estava a poucas horas da reforma, quando uma informação relativa ao rapto de uma rapariga de 11 anos, chamada Nancy Callahan, pelo perverso filho do Senador Roark, o homem mais poderoso de Sin City, muda para sempre a sua vida.


Sin City - A grande matança (The big fat kill)













Nas ruas de Sin City reina uma frágil trégua entre a polícia e as raparigas da Cidade Velha. Quando a morte de um polícia na Cidade Velha vem pôr em causa essa trégua, Dwight vê-se obrigado a entrar em acção para defender as suas amigas mesmo que para isso tenha que morrer, ou matar montes de gente.

A Terra sem Mal de Anne Sibran e Emmanuel Lepage (La terre sans mal)













O editor escreve na nota de apresentação da contracapa que este é um "fabuloso relato de uma viagem mágica". A "Terra sem Mal", argumento de Anne Sibran, narra a experiência de uma jovem europeia, no interior do Paraguai, para conhecer e registar a língua, os hábitos e as tradições do povo Mbya, vencido pelo desânimo e que está a deixar-se morrer. Mas a chegada de um misterioso feiticeiro leva a aldeia em peso numa peregrinação (que se revelará insensata) à procura da sua Terra sem Mal (uma espécie de paraíso na terra), uma peregrinação selva adentro, que será mais espiritual que terrena (revela-se como que um Moisés em busca da terra prometida mas pagão) , e que a jovem acompanhará, dividida quanto a continuar com aquele povo, que já ama e sente quase como seu, apesar de não a reconhecerem como amiga, ou abandonar tudo e regressar às origens, num relato tocante, sobre a busca dos outros e de si próprio, num ambiente natural, com tanto de belo como de hostil, que leva a repensar prioridades de vida.

Lucifer - The Divine Comedy














Lucifer Morningstar continua na criação do seu Mundo, fora do Universo de Deus e sem a Sua intervenção. Para combater o desejo de Deus de erradicar este Mundo, Lucifer cria infinitas portas para o mesmo, ligadas ao Universo de Deus para quem quiser sair dos domínios de Deus e efectuar um novo começo sem ninguém a quem venerar. Nem todos os refugiados têm intenções amigáveis e o orgulho de Lucifer poderá trazer a sua queda... Uma atenção, para compreender este 4º livro terá de se ter lido os anteriores, existindo uma continuidade e encadeamento.

Já me esquecia...

A colecção do Spirou continua...






















0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home