quinta-feira, junho 18, 2009

1 Santuário e 2 mosteiros a 19 Abr


Um belo dia para um passeio e foi aproveitado para efectuar um pequeno circuito no centro.

Iniciou-se no Santuário de Fátima, localizado na Cova da Iria e é um dos mais importantes santuários marianos do Mundo.

Para quem não conhece fica aqui a sua história (fonte:wikipedia)





Em 1917 (ano da revolução soviética), Jacinta Marto, Francisco Marto e Lúcia de Jesus (conhecidos por "os três pastorinhos"), presenciaram seis aparições de Nossa Senhora nos dias 13, de Maio a Outubro, tendo em Agosto acontecido no dia 19 (alguns autores defendem que foi dia 15). No essencial da mensagem, Nossa Senhora teria pedido que se rezasse o terço todos os dias, conversão, e penitência. Moita Redonda e Lomba d'Égua, distando a poucos quilómetros da Cova da Iria, eram os lugares povoados mais próximos. Numa dessas aparições, a Virgem Maria pediu para construírem uma capela naquele lugar, que actualmente é a parte central do Santuário onde está guardada uma imagem de Nossa Senhora. No decorrer dos anos, o Santuário foi sendo expandido até aos dias de hoje, existindo já uma basílica e uma grande igreja, aumentando assim a capacidade de acolhimento de peregrinos em recinto coberto.























Por ocasião do 90.º aniversário das aparições, foi inaugurada a nova Igreja, (Igreja da Santíssima Trindade) com 8.633 lugares sentados e 40 mil metros quadrados.Trata-se do quarto maior templo católico do mundo em capacidade, tendo sido integralmente pago com dádivas dos peregrinos ao longo dos anos

Apesar de grandioso e de design moderno na minha opinião, esta obra distancia-se da arquitectura local.






















Após visita ao santuário rumou-se em direcção à Batalha onde parámos para uma breve visita ao Convento de Santa Maria da Vitória (mais conhecido como Mosteiro da Batalha)




















Foi mandado edificar por D. João I como agradecimento do auxílio divino e celebração da vitória na Batalha de Aljubarrota.


Túmulo do Rei João I





























Estátua de Nuno Álvares Pereira, também conhecido como o Santo Condestável, de génio militar e famoso por vencer a famosa batalha de Aljubarrota. A batalha viria a ser decisiva no fim da instabilidade política de 1383-1385 e na consolidação da independência portuguesa.















Ponto final da viagem - Mosteiro de Alcobaça

O Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, também conhecido como Real Abadia de Santa Maria de Alcobaça ou mais simplesmente como Mosteiro de Alcobaça, é a primeira obra plenamente gótica erguida em solo português















































0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home