domingo, fevereiro 03, 2008

Viagem a 27/01 - Évora


Mais uma pequena escapadela de um dia (é sempre de aproveitar o que há perto já que nem sempre é necessário grandes deslocações para conhecer ou explorar), desta vez a Évora. Esta cidade também é conhecida como cidade museu já que o centro histórico é património da humanidade.

Começamos a visita pela Sé Catedral. A mesma tem para visita, a catedral (a maior em Portugal) em si - naves e Capela e pelo mesmo preço visitam-se igualmente os claustros.

Apenas o tesouro e museu de arte sacra se pagam á parte, este não visitamos por o tempo não dar para tudo e de arte sacra já tivemos o suficiente por um bom tempo...






Flanqueando o portal de acesso encontram-se as esculturas de Apóstolos, do século XIV.

De seguida ficam fotos dos claustros, da própria Sé posicionado a partir do seu terraço e por fim uma foto que não deixei de tirar... uma obra arquitectónica desenvolvida em tempos remotos que ajudava aqueles sedentos de líquidos que procuravam a Sé. Alta tecnologia para a altura ...





























































Não podia deixar de faltar, a visita ao mais famoso marco histórico da cidade que atrai um grande número de turistas - o templo de Diana. Um templo clássico de quase dois mil anos, uma das mais bem conservadas ruínas romanas da Península. O podium, encontra-se quase completo bem como boa parte da colunata coríntia (completa no lado norte, com respectiva arquitrave). Foi restaurado no séc. XIX

Seguidamente e para terminar a nossa visita, rumámos á igreja de São Francisco para visitar a macabra Capela dos Ossos, outro dos marcos mais famosos desta Cidade. Foi construída no século XVII por iniciativa de três monges que, dentro do espírito da altura pretendeu transmitir a mensagem da transitoridade da vida, tal como se depreende do célebre aviso à entrada: “Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos”



0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home