domingo, dezembro 14, 2008

Entret. e cultura a 21/12 - Filmes

The Incredible Hulk (2008) - O Incrível Hulk















O cientista Bruce Banner (a que Edward Norton dá corpo, substituindo Eric Bana) procura desesperadamente uma cura para o problema que afecta as suas células e que liberta uma fúria descontrolada dentro de si, transformando-o no "monstro verde".
Banner vive nas sombras, afastado da vida que teve e da mulher que ama, Betty Ross, que ele chegou a acreditar ser a única a poder devolver-lhe o lado humano. Hulk tem ainda de fugir da perseguição obsessiva do general Thunderbolt Ross (William Hurt) e da artilharia militar que procura capturá-lo e explorar brutalmente a sua força.

À medida que os três enfrentam os segredos que conduziram à criação de Hulk, são confrontados com um monstruoso e novo adversário (Tim Roth), cuja força destrutiva excede até a de Hulk.
Caberá ao cientista fazer a derradeira escolha: aceitar uma pacata vida como Bruce Banner ou descobrir o heroísmo na criatura que vive dentro de si: o Incrível Hulk.

Após o artistico Hulk de Ang Lee, este vem para os consumidores de filmes "pipoca", apenas puro entretenimento para o especador.

G.P. 506 (2008)















O filme conta a história de um posto de guarda avançado na fronteira entre as duas Coreias, onde começam a acontecer estranhos incidentes. Quando investigadores chegam ao local, encontram vários corpos e um sobrevivente, sem nenhuma explicação. Vão tentar assim descobrir o que aconteceu...

O filme tem um bom começo com bastante suspense e perguntas no ar mas vai cansando ao longo do tempo e perde-se pouco depois.

Juno (2007)















Juno (Ellen Page, nomeada para o Óscar de melhor actriz) é uma rapariga de 16 anos, que gosta de andar ao seu ritmo, de preferência ao som de uma qualquer canção dos The Stooges mas que, apesar do seu ar duro e rebelde, é apenas uma adolescente que tenta descobrir quem é. Enquanto a maior parte das colegas passa o tempo a actualizar a página na comunidade virtual MySpace ou no centro comercial, Juno recusa-se a imitá-las. Até que uma tarde, tão aborrecida quanto outras, tudo vai mudar: Juno decide fazer amor com Bleeker (Michael Cera, o celebrizado como o George Michael da série Arrested Development - De Mal a Pior), um rapaz charmoso e um pouco pretensioso. A falta de cuidados leva Juno a ficar grávida, que decide dar o bebé para adopção. Com a ajuda da melhor amiga, Leah, procura nas páginas de classificados o casal de pais adoptivos perfeito até que descobre Mark e Vanessa Loring, que sonham adoptar um filho. Mas durante os nove meses seguintes, Juno terá de passar diversas provas de maturidade e provar a sua coragem.

Juno é um filme interessante e penso que a maioria dos adolescentes deveria ver este filme que retrata bastante bem a dificuldade que é, essa fase da vida e o que pode correr errado. O filme em si não imortaliza mas o argumento está bastante bem inventivo.

The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford (2007) - O Assassínio de Jesse James pelo Cobarde Robert Ford
















Um dos mais famosos bandidos americanos, muitas histórias foram escritas sobre o lendário Jesse James (Brad Pitt). Em 1881, Jesse tem 34 anos. Enquanto planeia o seu próximo assalto, o bandido continua a fazer frente aos inimigos que cobiçam não só a recompensa pela sua captura mas também a glória de o terem vencido. Mas a maior ameaça pode estar no seio do seu grupo de aliados.
Jesse pode não passar de um criminoso para aqueles que roubou e para as famílias dos que assassinou, mas ao mesmo tempo o bandido é também alvo de admiração: uma espécie de "Robin dos Bosques" que assaltava bancos e proprietários dos caminhos-de-ferro que exploravam os pobres agricultores; um soldado injustiçado que se vingava de quem lhe tinha destruído a vida, um espírito livre. Entre os seus admiradores estava Robert Ford (Casey Affleck), um jovem que sonhava com o dia em que cavalgaria ao lado do seu ídolo.
Quem terá sido realmente Jesse James? E quem foi Robert Ford, este jovem que, com apenas 19 anos, se tornou no cobarde que alvejou Jesse pelas costas, abatendo a lenda que dez estados não tinham conseguido capturar. O que terá acontecido nas horas que antecederam o tiroteio? Será que algum dia se saberá toda a verdade?

Este é O filme deste post, a complexidade das personagens está realizado com uma mestria fantástica sendo que se Brad Pitt está perfeito (papel adequa-se mesmo a ele), Casey Affleck está arrasador e encarnou a personagem. O filme não tem pressa do seu fim esperado mas caminha a passos sólidos para o mesmo. Uma nota, a fotografia do filme enquadra cada imagem com grande cuidado e juntamente com uma viciante história agarra o espectador nas quase 3 horas de filme. - Recomendado!


Mirrors (2008) - Espelhos















Ben Carson (Kiefer Sutherland) é um ex-polícia que foi suspenso depois de um acidente que resultou na morte de outro polícia. A tragédia custou-lhe não só o trabalho, mas também o casamento e a família. Carson refugia-se no álcool, mas não desiste de tentar voltar a recuperar a sua vida, a mulher e os filhos. Assim, aceita um trabalho como segurança num velho armazém que ardeu e onde só os espelhos sobreviveram às chamas. Mas o que esses espelhos reflectem é o horror absoluto: devolve-lhe imagens do passado, mas imagens que manipulam, também, a realidade...

Apesar de algumas partes bem conseguidas de algum suspense, não passa de mais um filme "pipoca" sem escapar ao mediano.

Madagascar: Escape 2 Africa (2008)
















Alex, o leão, Marty, a zebra, Melman, a girafa, Glória, a hipopótamo, os pinguins, Maurício e o Rei Juliano continuam juntos nesta nova aventura. Mas também continuam perdidos... nas margens distantes de Madagáscar. Mas os amigos náufragos nova-iorquinos resolvem tentar regressar ao seu antigo lar e para isso engendram um plano louco. Com um espírito militar, os pinguins consertam o que resta de um velho avião que se despenhou em Madagáscar. A improvável tripulação consegue levantar voo, mas será que o avião se vai aguentar no ar até Nova Iorque? Claro que não. A única coisa que conseguem é ir parar ao local mais selvagem de todos, ao coração de África, onde os antigos habitantes do zoológico de Central Park conhecem pela primeira vez animais da sua espécie que vivem no seu habitat natural. É uma ocasião única para reencontrarem as suas raízes, e Alex, Marty, Melman e Glória descobrem as diferenças entre a sua antiga "selva de betão" e o "continente negro". Mas será que África é um sítio melhor para se viver que a sua querida Nova Iorque?

Fime mais interessante que o primeiro, visualmente mais exuberante e diversifica a história para cada personagem. Se não fosse pelo leão, este podia ser umas das animações mais interessantes do ano e uma das mais hilariantes. Pena que na parte do leão, não passa de um "Lion King encontra Heppy Feet". Os pinguins continuam o ponto alto do filme.


Bekushiru: 2077 Nihon sakoku (2007) - Vexille
















Japão, 2077: Uma agente chamada de Vexille é enviada para Tóquio para investigar se os Japoneses estão a desenvolver tecnologia robótica, que foi proibida pela ONU, devido ao seu potencial de ameaça para a humanidade.

Este é igualmente como o seguinte para os amantes dos animes de ficção cientifica (aliás bastante similares), filme futurista de acção mediano com bastantes actrativos visuais e que até faz "rip off" dos "worms" do Dune. Apesar de tudo menos atractivo e complexo que o seguinte.

Ekusu makina (2007) - Appleseed 2 Ex Machina














O ano é 2133 e metade da população foi dizimada por uma grande guerra não-nuclear. A cidade-nação Olympus representa o que restou de esperança no planeta e é governada pela inteligência artificial GAIA, sendo administrada pelos bioróides - humanos gerados artificialmente com DNA modificado a fim de suprimir o ódio e outros sentimentos fortes.

Deunan é uma jovem guerreira e Briareos, um soldado ciborgue veterano. Os dois, parceiros e namorados, integram a ESWAT, uma força de elite que actua em Olympus. Tereus é um novo e experimental bioróide que passa a fazer parte do grupo. Criado a partir do DNA de Briareos, ele tem a fisionomia que sua matriz possuía antes dos ferimentos que o transformaram em ciborgue e também a mesma habilidade para o combate.
.
Quando uma força misteriosa - cuja intenção é impor sua própria visão de “paz mundial” - promove um violento ataque a Olympus; ameaças como terrorismo ciborgue, nanotecnologia mortal, fundamentalistas fanáticos e a crescente tensão da população colocam em risco a ordem da sociedade. Além de evitar o pior, Deunan terá de lidar com um fato novo: Tereus está apaixonado por ela.

Esta não é uma sequência do filme de 2004, tem efectivamente dedo do produtor (John Woo) com uma grande beleza visual (a cena dos pássaros é uma marca) e uma história que reflecte os tempos modernos, onde é que a luta de principios acaba e começa o terrorismo?


Star Wars: The Clone Wars (2008)















A Galáxia está a ser devastada pela Guerra dos Clones, um enorme e terrível conflito que opõe os maléficos Separatistas e os seus enormes exércitos de andróides contra a República. Os Cavaleiros Jedi, guardiães da República, lutam para manter a ordem e restaurar a paz, enquanto vêem diariamente novos planetas sucumbir ao poder do mal. Para tentar conseguir uma vantagem no conflito, Anakin Skywalker, o jovem Cavaleiro Jedi, e a sua aluna Padawan, Ahsoka Tano, são encarregues de uma missão vital em que terão de confrontar o terrível Jabba. Mas vários outros perigos esperam Skywalker e Ahsoka em Tatooine, pois o Conde Doku e os seus agentes sinistros estão dispostos a tudo para fazer falhar a missão dos Jedi. Entretanto, na linha da frente, Obi-Wan Kenobi e o Mestre Yoda esforçam-se para preparar o exército de Clones, de forma a tentar resistir às forças das Trevas. "Star Wars: A Guerra dos Clones" é o primeiro filme animado da saga "Star Wars" de George Lucas. A acção decorre entre os Episódios I e II, relatando a Guerra dos Clones que devastará a Galáxia e provocará o fim da República e criação do Império. Antes desta longa-metragem de animação, a Guerra dos Clones já tinha sido abordada numa série de animação desenvolvida entre 2003 e 2005.

Visualmente desinteressante e história mais que batida...esqueçam...

Toki o kakeru shôjo (2006) - The Girl Who Leapt Through Time
















Baseado num livro de mesmo nome escrito em 65-66 por Yasutaka Tsutsui, produzido pela Madhouse e realizado por Mamoru Hosoda, conta a história de Makoto, uma típica adolescente que adora baseball e possui dois amigos inseparáveis, Chiaki e Kousuke. Após um estranho evento no laboratório de ciências da escola, ela acaba obtém o poder de saltar atrás no tempo. Acaba por usar estes poderes para fins mais questionáveis como tirar 10 nas provas e tentar juntar casais. Só que, como era de se esperar, começa a perceber as conseqüências nas pessoas à sua volta.

Vencedor do prémio de melhor animação pela academia japonesa (2007) faz-me lembrar do divertidissimo filme com o Bill Murray, Feitiço no tempo em que se descobre condenado a viver o mesmo péssimo dia, todos os dias até que consegue o transformar no seu melhor dia. Este filme tem parecenças, uma jovem que descobre o poder e tenta-o usar emproveito próprio mas que descobre as consequências dos seus actos e cresce com a aprendizagem. Esta animação está ao mesmo nível que as animações dos Estúdios GHIBLI nos habituam e têm bastantes similariedades. Um enredo bastante cativante e uma fotografia perfeita. Recomendado.





0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home